top of page
  • Foto do escritorDanilo Jeffetson

Microsoft comprou Activision pensando em mobile e PC


Em entrevista ao site Bloomberg, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox na Microsoft, revelou que a compra da Activision faz parte de uma estratégia para crescer especialmente nos mercados de PC e smartphone.


"Quando estávamos pensando sobre o que somos capazes de fazer hoje e para onde precisamos ir, a maior plataforma gaming da atualidade é o smartphone. Mais de 1,5 bilhão de pessoas jogam em dispositivos móveis", comentou Spencer em uma entrevista que você pode conferir mais abaixo (em inglês).


"Penso que, infelizmente, a Microsoft não é um local onde temos uma plataforma nativa. Enquanto empresa de jogos vindo dos consoles e PC, não temos muitas capacidades para construir sucessos no mobile. Por isso começamos as discussões, ao menos internamente, sobre a Activision Blizzard e a sua capacidade de criar sucessos no mobile e depois no PC com a Blizzard. Essas foram as duas coisas que atraíram o nosso interesse", continuou o executivo.


Nesse sentido, recentemente a Activision disse dos seus 360 milhões de jogadores ativos, mais de 240 milhões foram registrados apenas em games da King (que também integra a empresa que será comprada pela Microsoft). Esse dado foi contabilizado entre abril e junho deste ano.


Vale lembrar que há algum tempo surgiu na rede relatos de que a compra da Activision Blizzard pela Microsoft poderia acontecer ainda em agosto, mas até o momento nada oficial foi mencionado a respeito do assunto.

5 visualizações0 comentário
174879.png
bottom of page